Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Coisas Boas de Contar

"ao escrever sei esclarecer tudo, os meus pensamentos, os meus ideais, as minhas fantasias." Anne Frank

Coisas Boas de Contar

"ao escrever sei esclarecer tudo, os meus pensamentos, os meus ideais, as minhas fantasias." Anne Frank

Qui | 18.07.19

Momentos de Mãe #2

Contei

Devo dizer que sai ao meu pai em todos os aspetos. Segundo a minha mãe (e confirmo a veracidade das suas palavras) tenho o mesmo feitio (graças a deus). Infelizmente, os atributos físicos enveredaram pelo mesmo caminho. O que está em excesso no meu rabo está em falta nas ditas cujas (chegaram lá, certo?). A única altura em que pode experimentar a sensação de ter um par de mamas grandes foi quando engravidei (aliás, foi o primeiro sintoma da minha gravidez - doíam que se fartava e aumentaram logo nos primeiros 2 meses) e no período de amamentação (que ainda durou 8 meses)!!! Fora isso, desde sempre que me lembro de usar o mínimo dos mínimos e da ter dificuldade em arranjar um soutien que goste do meu tamanho.

 

Após um dia de trabalho, seguido de uma consulta, cheguei a casa muito mais tarde que o habitual. Como já tinha comido algo no caminho, saltei o jantar e quando cheguei fui diretamente para o quarto tratar da vestimenta para me enfiar na cama. A minha piolha, ainda acordada, depois de muitos beijinhos à mãe, foi atrás de mim tentar perceber o que ia fazer e dar-me a seguinte conversa:

 

"Mãe, tu tens maminhas." - disse ela enquanto me despia

"Pois tenho filha, a XPTO também tem."

"Pois tenho, olha aqui" - levantou a t-shirt do pijama e mostrou - "As da XPTO são pequeninas mas as da mãe são muito grandes" - e foi a correr para a Sala

 

Ahahahah, não resisti a rir... pelo menos tenho mamas maiores que miúdas de 2 anos e meio!!!