Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Coisas Boas de Contar

"ao escrever sei esclarecer tudo, os meus pensamentos, os meus ideais, as minhas fantasias." Anne Frank

Coisas Boas de Contar

"ao escrever sei esclarecer tudo, os meus pensamentos, os meus ideais, as minhas fantasias." Anne Frank

Qui | 09.05.19

As fotos da VERGONHA nas Redes Sociais

Contei

Lembram-se das horas perdidas (em vão) a reclamar com os pais sobre aquela foto, tirada quando tínhamos 6 meses, todos nus em cima da cama? Ou na banheira? Ou até mesmo depois de um descuido típico da idade? E aquela em que temos a boca toda suja depois de comer uma porcaria deliciosa de chocolate? E os vídeos? Sim... aqueles em que nos estamos a babar enquanto dormimos ou a tirar macacos do nariz? TODOS nós temos essas relíquias no baú ou numa gaveta em casa dos paizinhos!!! E todos nós já passamos, pelo menos uma vez na vida, pela experiência de serem mostradas ao atual namorado, amigos e restantes familiares! Não adoraram a experiência?!

 

Realmente são ótimas para uma introdução vergonhosa de anos ou para passar no dia de casamento (nada melhor que entrar, em números redondos ou na vida matrimonial, do que com um vídeozinho caseiro de como eramos há 30 anos atrás... de preferência nus e cheios de halibute no rabo). Mas se ter fotos "comprometedoras", na gaveta dos pais, é assustador (porque nunca sabemos quando se vão lembrar de "as sacar"), imaginem o que é, dentro de 20 anos, ter fotos destas no Instagram e no Facebook, dos nossos pais!!!! Sabem qual é o meu primeiro pensamento? "Ainda bem que sou de outro tempo!!!" (Sim, ser dos anos 80 às vezes compensa)!!

 

Pensem bem,

  • Fotos e Vídeos:
  1. Estão na gaveta em casa dos pais e com sorte ninguém se lembra bem onde!;
  2. Não podem ser vistas a qualquer hora nem em qualquer momento (só em festas de família, reuniões ou outros eventos, que por norma acontecem 2 a 3 vezes por ano e, onde há sempre 3 ou 4 indivíduos que não vão aparecer - diminuindo o número de pessoas que nos vai ver de bochechas vermelhas);
  3. Podem ser destruídas/os ou rasgadas/os e acabaram-se as provas;
  4. São mostradas a pessoas muito próximas ou de confiança (o que por vezes aumenta o embaraço);
  5. É necessário, no caso dos vídeos e DVDs, ainda ter um aparelho funcional (infelizmente é o que se verifica no meu caso).

 

  • Redes Sociais:
  1. Estão espalhadas pelo Facebook e Instagram (nada a acrescentar);
  2. Podem ser vistas a qualquer hora e em qualquer lugar (Yupi);
  3. Podem ser apagadas... mas já ouviram "uma vez na internet... sempre na internet?" (talvez não, porque sou péssima com frases feitas, mas a verdade é que o que colocamos na Internet nunca sai de lá. Há sempre um histórico...);
  4. Todas as pessoas podem ver. Amigos, conhecidos, professores, patrões, ex ou atual e até pessoas da china!!!
  5. Não é preciso nada mais que um telemóvel e dados móveis (a jogar contra isto temos os belos dos estabelecimentos com wi-fi a facilitar).

 

Nota: Não sou anti redes sociais! Também partilho momentos da minha filha, mas por agora, ainda não me apeteceu envergonhá-la! Guardei as fotos de rabo à mostra só para mim (sim... reclamo mas vou fazer o mesmo)

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.